Coluna Olhares

Propondo atividades de alfabetização com o uso de QR Codes

Que tal surpreender seus alunos na alfabetização com desafios que envolvam escrita, leituras e oralidade? A proposta é criar QR Codes recheados de atividades, para complementar e contribuir no processo de alfabetização dos seus alunos. Junto com os códigos, além das atividades, vão as orientações para o desenvolvimento em casa com o apoio e acompanhamento direto das famílias.

Você pode propor um desafio para cada dia da semana; nesse formato, as atividades devem ser curtas, que não demandem muito tempo e complexidade na realização para não sobrecarregar com as demais tarefas dos alunos, mas é possível propor também apenas um desafio a cada semana ou quinzenalmente, mais elaborados e que exijam mais da participação das crianças, mas independentemente do formato escolhido, de acordo com a realidade de sua turma; procure combiná-los de forma que complementem e reforcem o estudo desenvolvido em sala de aula.

Mas porque usar o QR Code nessa programação de atividades?

O QR Code (Quick Response Code, código de resposta rápida) é uma evolução do código de barras. Hoje em dia são super fáceis de criar. Se você ainda não os experimentou na educação, eu recomendo, pois dá para criar muitas práticas criativas e interessantes com esses códigos.

Além de ser uma linguagem dos nossos tempos, que já faz parte das nossas vidas, sendo usado na apresentação de diversos produtos e informações gerais no nosso dia a dia, como panfletos de mercados, em programas de televisão, em cardápios, em etiquetas de roupas, em livros didáticos, lugares turísticos etc., o QR facilita o envio das atividades para as famílias, pois agrupa as informações de suporte à aplicação, tem rápido acesso, sem contar que há ainda o fator surpresa que o envolve: afinal, sejam crianças ou adultos, todos ficam curiosos em saber o que está escondido atrás do código. Isso também motiva a participação e envolvimento de todos.

Os desafios propostos podem ser variados; para isso vocês, professoras e professores alfabetizadores, precisam levar em conta as necessidades de aprendizagem da sua turma, relacionadas às habilidades a serem desenvolvidas.

Veja algumas possibilidades de desafios:

DESAFIO 1: Adivinha. O que é, o que é?

Nessa atividade, as crianças são desafiadas a encontrar e escrever a resposta da adivinha sobre um animal (PAPAGAIO) e a gravar em vídeo uma outra para compartilhar com os colegas da turma. No arquivo em formato PDF, estão a atividade, as orientações à família para a realização com a criança e um conteúdo extra, um texto informativo, para ler com a criança.

Para criar o QR Code, armazene o arquivo do desafio no Google Drive, ou em outro armazenador, que você costuma usar. Se for no Google Drive, selecione a opção leitor (qualquer pessoa na Internet com este link pode ver). Em qualquer deles, copie o link de compartilhamento. Escolha um site gratuito para a criação do código. Para o desafio, acima usei o QR Code Generator. Cole o link, faça o download do código criado e compartilhe com as famílias nos canais de comunicação. Se necessário, oriente-as sobre leitores de QR Code. https://br.qr-code-generator.com/

Veja no código a abaixo o arquivo do desafio 1: adivinha, na íntegra, que apresento como um modelo possível.

Você pode também propor outros desafios, como os que sugiro abaixo:

Complete a música, escrevendo o trecho que está faltando. Mande uma sugestão de uma música para a playlist da turma.
Escreva o nome de coisas que estejam na cozinha de sua casa e que comecem com as letras P – G – C – B – T – M – S.
Leia o trava-língua; depois grave um outro trava-língua para compartilhar com a turma.
Escreva 8 nomes de pessoas que se iniciem com a letra M. Descubra com a sua família a história da escolha do seu nome.

Além da atividade e das orientações para as famílias, coloque sempre que possível um material extra complementar que possa levar mais conhecimento para as crianças e suas famílias. Pode ser algo que explore o tema da atividade ou que tenha alguma relação com ela.

Você pode propor sequências didáticas, gincanas culturais, trilhas de aprendizagem, em todas as disciplinas e muito mais, tudo com o uso do QR Code. É só aliar objetivos, intencionalidade pedagógica, criatividade e uma vontade de experimentar e fazer diferente, com foco na aprendizagem dos nossos alunos.


Em outro post, aqui na Olhares, vou compartilhar com vocês uma trilha literária para realizar com os alunos, usando as paredes e espaços da escola.

Um grande abraço e até a próxima!

Sobre o(a) autor(a)

Artigos

Professora há quase 30 anos, lecionou em vários segmentos, da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental, passando também pela Educação de Jovens e Adultos (EJA). Recebeu o Prêmio Educador Nota 10, na área de Alfabetização, com o projeto Escrevendo com Lengalenga. Atualmente, assina a coluna Olhares no blog Redes Moderna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.