Autores ModernaColuna Ativar

3 formas práticas de desenvolver a competência geral 7: Argumentação 

Desenvolver o pensamento científico, crítico e criativo dos estudantes é uma das competências gerais a serem desenvolvidas durante toda a educação básica, em todas as escolas do país, públicas ou privadas. 

Na prática, vemos no dia a dia, movimentações dos estudantes defendendo um ponto de vista e, algumas vezes, tendo conflitos com quem pensa diferente. São crianças e adolescentes em formação: compreendendo o mundo e se constituindo enquanto cidadãos. Esse espaço de diálogo e construção de conhecimento proporcionado pelo ambiente escolar tem como um de seus grandes objetivos a construção de valores e de opiniões que têm base em vivências, experiências, empatia, leituras, etc. 

Nesse sentido, a argumentação, outra competência geral da BNCC, nos chega como um prato cheio para o desenvolvimento e formação de pessoas que têm um olhar contextualizado sobre problemas, que foram formadas para buscar soluções com empatia, embasamento e criatividade. 

Vamos entender o que a BNCC nos diz sobre a competência argumentação? 

Argumentar com base em fatos, dados e informações confiáveis, para formular, negociar e defender ideias, pontos de vista e decisões comuns que respeitem e promovam os direitos humanos, a consciência socioambiental e o consumo responsável em âmbito local, regional e global, com posicionamento ético em relação ao cuidado de si mesmo, dos outros e do planeta. Aqui o destaque é para a capacidade de construir argumentos, conclusões ou opiniões de maneira qualificada e de debater com respeito às colocações dos outros. Ela inclui a consciência e a valorização da ética, dos direitos humanos e da sustentabilidade social e ambiental como referências essenciais no aprendizado dessa competência para orientar o posicionamento dos estudantes.  

Mas como, na prática, podemos criar experiências e momentos em que a argumentação baseada em dados, informações confiáveis e fatos devem ser levantadas? Prepare o caderninho e anote essas sugestões:  

1.Argumentação sobre um tópico: depois de estudarem um tema como “a importância dos alimentos para a nossa saúde”, por exemplo, voltado para a nutrição, os vegetais, vitaminas, pirâmide dos alimentos, etc, os estudantes podem preencher uma ficha argumentativa, como a indicada abaixo, para construírem seus argumentos com base em dados e informações relevantes. Depois, é só montar uma rodada para compartilharem o que construíram. 

Exercício: Quais temas que eu posso solicitar a construção de um argumento a partir de uma pesquisa? 

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ 

2. Debates: são um ótimo formato para a troca de ideias entre os estudantes, mas requer um preparo prévio das equipes, isso porque eles precisam montar sua base argumentativa. O debate pode ser baseado em uma tirinha, em um texto literário, em contextos históricos, em um fato que acabou de ocorrer ou que está em alta, por exemplo: colonização de marte. 

Exercício: Que temas da minha área do conhecimento são ricas para montarmos um debate em grupos com a turma? 

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

3. Eventos de divulgação científica: seja para crianças ou para adolescentes, momentos em que eles compartilham o que pesquisaram e compartilham suas construções, são desafiadores e, ao mesmo tempo, estimulantes para que percebam os resultados dos seus esforços e compartilhem com estudantes de outras turmas o que fizeram, desenvolvendo toda a parte comunicativa, através de apresentações orais, infográficos, vídeos, etc. Nesse sentido, é interessante um possível intercâmbio de trocas entre alunos que estão em turmas e anos diferentes, como o sétimo ano apresentar trabalhos para o nono ano e vice-versa, aumentando as trocas de experiências entre grupo que estudam na mesma escola, mas que têm pouco contato para trocar conhecimentos. Os temas desses eventos podem surgir de livros e filmes de ficção científica, assuntos estudados em biologia, física, química, matemática, mas também nas áreas de ciências humanas e linguagens. 

Exercício: Com quais professores posso montar um breve evento de divulgação científica que apresente a troca de conhecimentos entre várias turmas da escola e discuta a importância da ciência nos mais diversos âmbitos? 

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Um super abraço digital, 

Prof. Dra. Emilly Fidelix I @seligaprof  

Sobre o(a) autor(a)

Artigos

Criadora do @seligaprof, onde impacta milhares de professores de todo o Brasil, palestrante e formadora de professores. É doutoranda em História Cultural (UFSC), especialista em Tecnologias, Comunicação e Técnicas de Ensino (UTFPR), professora de pós-graduação no Instituto Singularidades. Atua nas áreas de metodologias cativas, storytelling aplicado à educação e BNCC.