fbpx
Category

Institucional

Santillana e Moderna promovem a Jornada Digital da Educação Infantil

By | Institucional | No Comments

A pandemia de covid-19 trouxe mudanças significativas para o setor de Educação. Com o fechamento temporário das escolas e a adoção do sistema de ensino remoto, surgem novos desafios, especialmente para quem trabalha com crianças abaixo dos 4 anos. Como ensiná-las e promover um espaço de interação para os pequenos com todos em casa, em aulas virtuais? Como promover atividades lúdicas em espaços menores, respeitando a nova rotina das famílias? E, principalmente, como acolher a criança e preencher a grandeza que a escola ocupa em sua formação? 

Todas essas perguntas permearão os painéis da Jornada Digital da Educação Infantil, promovida pelo Grupo Santillana e a Moderna. O evento será totalmente online e acontece entre os dias 9 a 13 de novembro. As inscrições são gratuitas. 

O objetivo do evento é repensar o papel do Berçário e da Educação Infantil como formação humana essencial e colaborar com a formação de profissionais do segmento, principalmente aqueles que já estão planejando o ano letivo de 2021.  

Com uma jornada formativa completa, a programação traz debates divididos em três pilares temáticos, que acontecem em três horários ao longo da semana 

  • 10hGestão Escolar e Políticas Públicas 
  • 15hGestão do cotidiano 
  • 18h30Integralidade do ser  

Confira a programação completa com especialistas e educadores e convide toda a sua equipe!  

QUERO ME INSCREVER!

Esperamos você!

LANÇAMENTO | Filosofia Cotrim e Mirna: os fundamentos da filosofia

By | Institucional, Lançamentos 2019/2020, Lançamentos 2020/2021 | No Comments

A filosofia tem fama de ser uma disciplina chata e difícil. No entanto, de uma ou outra maneira, ela faz parte da vida de todos nós, pois estamos sempre buscando as razões e os sentidos das coisas. Essa busca, às vezes, desemboca nas ciências, outras vezes, na religião, mas tudo começa mesmo com nosso humilde filosofar cotidiano. Isso nos motivou a criar um livro em que a filosofia não fosse um bicho de sete cabeças e o filosofar pudesse tornar-se uma prática não apenas útil, mas também prazerosa.

Assim nasceu o Filosofia Cotrim e Mirna, consagrado há várias edições entre professores e alunos do país inteiro. Acreditamos que esse sucesso se deve à concepção de um projeto pedagógico e editorial que promove um ensino contextualizado e significativo da filosofia, abordando de maneira acessível temas fundamentais da história do pensamento, relativos aos campos da ética, da lógica, da ciência, da política e da estética. Agora, em parceria com a Moderna, revisitamos a obra e demos um olhar ainda mais atento à BNCC.

BNCC e Filosofia

A nova edição do Filosofia Cotrim e Mirna ficou ainda mais intuitiva e fácil de entender, com o acréscimo de gráficos, tabelas e ilustrações em cada capítulo. E o mais importante: ela também atende às diretrizes propostas para o Novo Ensino Médio, contidas na BNCC, buscando proporcionar a formação integral dos estudantes.

O livro explora todas as competências e habilidades da BNCC por meio de uma perspectiva interdisciplinar. Assim, os conteúdos filosóficos dialogam com História, Sociologia e Geografia, isto é, com a área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas. No Livro do Professor, há indicações completas das competências e habilidades da BNCC trabalhadas ao longo da obra.

Protagonismo dos jovens

Em volume único, Filosofia Cotrim e Mirna permite aos professores construir itinerários curriculares diferentes, flexibilizando os processos de ensino e aprendizagem. Com abordagem consistente, o livro trata dos temas atuais como felicidade, diálogo, culturas juvenis, concepções de amor, projetos de vida, direitos humanos e muitos outros. Desse modo, estimula a autonomia intelectual e o protagonismo dos estudantes, preparando-os para o exercício da cidadania, o Ensino Superior e a inserção no mundo do trabalho.

Atividades e participação do estudante

A obra também oferece um amplo e diversificado conjunto de atividades em seções como Conexões (que leva os estudantes a pensarem filosoficamente sobre suas experiências pessoais e a interpretar diferentes medias e situações), Oficina de Filosofia (que enfatiza a interdisciplinaridade, a argumentação e o trabalho em grupo) e De olho na universidade (que constitui uma cuidadosa e atualizada seleção de questões dissertativas e de múltipla escolha do Enem e dos principais vestibulares do país).

Filosofia Cotrim e Mirna serve como um ponto de partida para diversas reflexões e aprofundamentos constantes. Desse modo, pouco a pouco, o jovem poderá crescer cada vez mais na consciência de si e da realidade em que vive, e assim contribuir para a construção de um mundo melhor.

POR DENTRO DA OBRA

Conheça mais detalhes do novo Filosofia Cotrim e Mirna e veja como esse material pode transformar a sua relação com os seus alunos:

Clique no livro abaixo para navegar no livro digital:

SOBRE OS AUTORES

Gilberto Cotrim

Gilberto Cotrim

Autor do livro Filosofia - Cotrim & Mirna

Gilberto Cotrim é bacharel e licenciado em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo e mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie. Trabalha com educação e livros didáticos há mais de trinta anos. Nessa trajetória, tem-se guiado pelo seguinte princípio: “Não somos culpados pelo mundo que encontramos ao nascer. Mas precisamos, na medida de nossas possibilidades, fazer alguma coisa pelo mundo que está sendo construído (ou destruído) enquanto vivemos. Um mundo que será legado aos que hão de vir”.

Mirna Fernandes

Mirna Fernandes

Autora do livro Filosofia - Cotrim & Mirna

Mirna Fernandes é bacharel em Filosofia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Especializou-se em Gestão Ambiental pela Universidade de Santiago do Chile e em Gestão da Mudança pela Universidade de Barcelona. Estudou sobre Educação Emocional com Juan Casassus, em Santiago do Chile, e formou-se em Mindfulness com Amy Edelstein, nos EUA. Editora e escritora, trabalha com livros didáticos há mais de trinta anos.

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA 2ª JORNADA DIGITAL DA EDUCAÇÃO

By | Institucional | No Comments

A 2ª Jornada Digital da Educação acontece entre os dias 31 de agosto e 04 de setembro e as inscrições já estão abertas! Faça já a sua e garanta presença no ciclo de formações on-line e gratuito, focado nas Práticas para o Novo Ensino Médio. Esta edição será especial: além das palestras, teremos também workshops, adicionando uma perspectiva “mão-na-massa” ao evento.

O objetivo é que professores e coordenadores possam aprender a trabalhar de forma coletiva e prática com a metodologia de projetos. Juntos, vamos empoderar os profissionais da educação para que sintam mais confiança no seu potencial de inovação e encarem de frente as grandes mudanças do Ensino Médio.

Novo Ensino Médio

Pensar a escola, especialmente o Ensino Médio, como um centro dinâmico de produção de conhecimento, resulta no protagonismo dos jovens na construção dessas vivências. Dessa forma, ocorre uma aproximação dos adolescentes com a vida real, com o cotidiano, levando em consideração as experiências deles e as atividades fora do âmbito escolar.

Por essa razão, mais do que uma metodologia a ser aplicada, o trabalho com projetos requer o desenvolvimento de novas atitudes e concepção sobre o que é conhecer e o que significa aprender, seja dentro ou fora da instituição de ensino. Além dos papéis dos professores, estudantes e toda a comunidade escolar.

As mudanças que começam a ser implantadas em 2021 no Ensino Médio exigem que professores e gestores reformulem não só os conteúdos da sala de aula, mas também todo o ambiente escolar. Nós enxergamos que eles estão no centro de grandes transformações: o Novo Ensino Médio, a BNCC e os novos tipos materiais didáticos que deverão atender a uma nova abordagem dos conteúdos (por áreas do conhecimento). Deste modo, é urgente revisitar e recriar objetivos, estratégias e táticas para que essa transformação atinja todo o seu potencial educacional.

Porém, sabemos que o desafio de preparar uma equipe e mantê-la engajada é grande. Por isso, na 2ª Jornada Digital da Educação vamos conversar sobre como desenvolver atitudes, alinhar expectativas, tomar decisões coletivas e democráticas, além de outras características necessárias aos professores do Novo Ensino Médio.

Vamos juntos participar dessa imersão?

Confira a programação

Até lá! 🙂

8 LIVROS INFANTIS PARA REFLETIR SOBRE A PATERNIDADE

By | Institucional | No Comments

Em agosto, comemoramos o Dia dos Pais. Uma data para celebrar as referências paternas em nossas vidas. Sem dúvida, é incrível observar o amor que muitos homens sentem por seus filhos e a dedicação que têm para garantir uma criação de qualidade. Porém, a data também nos leva a refletir: o que é ser pai?

No Brasil, mais de 5,5 milhões de crianças não possuem o nome do pai na certidão de nascimento. Esses são dados do último Censo Escolar, feito pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em 2013. Em pesquisa realizada em 2015, pelo Instituto Data Popular, o Brasil tem 67 milhões de mães. Dessas, 31%, ou seja, 20 milhões de famílias são formadas apenas por mães que criam seus filhos sozinhas. Se pensarmos em 2020, provavelmente este número seja maior ainda.

O número é assustador. Por isso, é tão necessário, usar a data para abordar as responsabilidades da paternidade e acabar com o mito sobre “tarefas das mães” e “tarefas dos pais”. Educar é uma responsabilidade conjunta, sem aquele papo de “eu ajudo a criar meu filho”. Não, ajudar não é criar! Criar é participar das brincadeiras, assumir tarefas, transformar papéis socialmente construídos e se comprometer com uma paternidade presente e igualitária.

DIA DOS PAIS: LITERATURA PARA CONSCIENTIZAR

Neste Dia dos Pais, desejamos que as famílias – em todas as suas formas e composições – construam relações afetivas sólidas e participativas, caminhando em direção a um mundo com mais equidade e acolhimento.

Para celebrar e trabalhar o tema, separamos 8 livros infantis do catálogo da Moderna e da Salamandra que abordam a relação entre pai e filho para ler com as crianças!

O que acontece quando duas irmãs puxam, uma de cada lado, os braços de seu pai? Papai é meu! nasceu de uma história real na vida do autor. Ficção e realidade se misturam nessa maluca história de ciúme e amor entre duas irmãs e seu pai.

Gustavo vê sua vida mudar. Num dia, é filho de um famoso diretor de teatro. No outro, vê seu pai abandonar a arte para, misteriosamente, trabalhar com o comércio. O garoto descobre que seu pai está trabalhando com mercadoria ilegal, o que fez com que seu mundo desabe. Como lidar com tantos conflitos?

Uma carta de pai para filho com uma reflexão sobre o imenso planeta que nos acolhe. A partir de uma situação real que inspirou o livro, o autor gentilmente traz pequenos conselhos que valorizam a vida e nos traz divertidas lições de sobrevivência na Terra. E, entre tantas importantes reflexões, uma delas com certeza ficará mais forte na mente do jovem leitor: não estamos sozinhos aqui.

Primeiro foi a mãe. Depois quem perdeu o emprego foi o pai, um alto funcionário de uma empresa engolida pela crise econômica. De repente, adeus às aulas de natação, às roupas da moda, às viagens, a tudo aquilo a que os jovens estavam acostumados. Qual seria a saída para a família?

Naldo não fica muito surpreso quando seus pais resolvem se separar. Afinal, os dois vivem brigando. Mas, quando a mãe dele precisa mudar de cidade, o menino acha natural ir morar com o pai. Naldo só não consegue entender por que a mãe e a avó são contra…

Primeiro foi a mãe. Depois quem perdeu o emprego foi o pai, um alto funcionário de uma empresa engolida pela crise econômica. De repente, adeus às aulas de natação, às roupas da moda, às viagens, a tudo aquilo a que os jovens estavam acostumados. Qual seria a saída para a família?

O que vamos construir juntos, eu e você? Vamos construir um relógio para vigiar o tempo. E construir nosso futuro curtindo cada momento. Um livro sobre plano para o nosso futuro juntos.

Matilda e seu pai são muito diferentes. Matilda é rápida e seu pai é lento. Matilda é arrumada e papai é bagunçado. Eles estão em uma busca por um tesouro, mas papai fica se distraindo. Logo, eles estão perdidos e Matilda está ficando cada vez mais irritada… Será que algum dia encontrarão o caminho para a ilha do tesouro?

GENIUM: QUER MAIS INDICAÇÕES?

Para você que ama a literatura, a Moderna e a Salamandra apresentam a Genium: nossa assistente virtual de literatura.

Ficou mais fácil para você receber as melhores dicas de livros de literatura da Moderna e Salamandra.Faça um pedido e a Genium propõe títulos de acordo com o que você precisa!

Baixe gratuitamente!

Saiba mais!

Como a arte e a criação artística podem contribuir para a educação?

By | Institucional | No Comments

O contato com a arte desde a infância, permite trabalhar e desenvolver uma série de competências e habilidades. Na redação da própria Base Nacional Comum Curricular (a BNCC), encontramos a seguinte afirmação: A aprendizagem de Arte precisa alcançar a experiência e a vivência artísticas como prática social, permitindo que os alunos sejam protagonistas e criadores. (BNCC p.195)

Diante disso, é fácil compreender que em todas as suas diferentes formas de expressão, a Arte é uma ferramenta importantíssima de transformação social, além, é claro de permitir que a criança consiga trabalhar processos internos de maneira muito mais fluída, conseguindo demonstrar sentimentos e desejos através de suas expressões artísticas. Também é através da arte, que os indivíduos despertam sua capacidade de criar e desenvolver a imaginação, de forma que integrem sua história pessoal, cultural e o mundo.   

Para que esse trabalho seja completo, nós, pais, responsáveis e professores, devemos participar de forma efetiva: não precisamos ser exatamente um artista, mas sim alguém extremamente sensível, capaz de ser fruidor e produtor da obra de arte, porque afinal de contas, é esse sentimento, e somente ele, que pode passar esse olhar e sensibilidade para a criança. 

É bom lembrar também, da importância e necessidade de que a arte seja algo acessível à todos, para que qualquer criança, qualquer indivíduo, tenha a possibilidade da descoberta e do desenvolvimento do olhar crítico que as diversas formas de expressão proporcionam 

E é aí que a magia aparece: durante este processo de descoberta, acontece o reconhecimento, a identificação, o sentimento de pertencimento e a partir disso, a percepção do que é o outro, da diversidade, do aprendizado de reconhecer a arte como fenômeno cultural, histórico, social e sensível a diferentes contextos, em diferentes espaços e tempos. 

E como trabalhar isso com as crianças em tempos de quarentena?

Já dizia um famoso filósofo: A Arte existe para que a realidade não nos destrua. (Nietzsche) 

Pois bem, podemos trabalhar com a Arte de dentro da nossa própria casa, afinal, alguns museus ao redor do mundo, oferecem acesso on-line e gratuito à grande parte de seus acervos.  Sendo assim, que tal tirar um tempinho pra navegar em alguns sites com as crianças?

Uma boa ferramenta de consulta, é o Google, que disponibiliza o Google Artes e Cultura (imagem abaixo). Ali, como uma galeria virtual, apresenta diversos materiais das várias formas de expressão relacionada ao mundo da Arte.

(para usar o site em português, é necessário clicar em “traduzir com o google”, que aparece no centro da página, no final da tela).

Uma dica de como utilizar essa ferramenta é, depois de navegar entre as obras, você pode sugerir que a criança recrie a que mais gostou, usando materiais que se tem em casa: revistas velhas, folhas coloridas, lápis, canetas, giz de cera…o que tiver!

Dessa forma, além de passar mais tempo com a criança, você também a incentiva a criar e desenvolver competências e habilidades através do trabalho com a Arte.  

No fim da semana, vocês podem criar, juntos, uma mostra de Artes em casa, filmar e compartilhar pelas redes com amigos e familiares.   

O que você vai precisar para criar a mostra é simples: barbantes, novelos de lãs, pregadores, com esses materiais, faça varais em alguns espaços da casa, e pendure os desenhos ou colagens, produzidos pela criança! Se não tiver nenhum deles, tudo bem, dá pra expor a produção apenas colocando as folhas encostadas na parede, ou em algum móvel. Ou também, fazer instalações pela casa, utilizando objetos de decoração para a composição do ambiente! Use a imaginação, deixa fruir, é assim que nascem grandes curadores 😛  

E aí, vamos nessa? 😊

Curiosidade: a diferença entre fruir e fluir

Fluir tem significado de escorrer, manar, escoar, passar o tempo, correr em estado fluído. Fruir tem significado de usufruir, ter prazer com, desfrutar, gozar de algo ou de uma situação.

Saiba mais:

  • Percursos da Arte na Educação com Cesare De Florio La Rocca.

https://www.youtube.com/watch?v=drXHtT6PvIs acessado em 26/03/2020.

  • Base Nacional Comum Curricular – BNCC

www.mod.lk/bncc acessado em 31/03/2020.

  • 30 museus virtuais pelo mundo

https://www.melhoresdestinos.com.br/museus-virtuais.html acessado em 31/03/2020

 

SANTILLANA BRASIL E MODERNA NO COMBATE AO CORONAVÍRUS

By | Institucional, Sem Categoria | One Comment

Estamos vivendo tempos de prevenção. A pandemia do coronavírus (Covid-19) está trazendo atenção a todo o mundo em relação aos nossos hábitos e formas como convivemos em grupo. Aqui na Santillana Brasil e, em especial, na Moderna estamos tomando todas as medidas necessárias para garantir a segurança, a saúde e o bem-estar de nossos colaboradores e parceiros.

  1. Cancelamento de grandes eventos e reuniões presenciais
  2. Home-office para as equipes internas e externas por tempo indeterminado
  3. Campanhas internas e digitais de conscientização sobre prevenção
  4. Intensificação do processo de limpeza nas dependências

Formação e informação: o que fazer durante a quarentena

Estamos todos atentos às necessidades de nossos clientes e, por isso, nos próximos dias, iremos liberar materiais e conteúdos para que nossos públicos – educadores, famílias e alunos – possam passar por essa quarentena de forma produtiva e saudável. Formação e informação não dependem de espaço físico e, sim, de disposição e qualidade, não é mesmo?

Reforçamos as orientações da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde em relação ao isolamento social e aos métodos de prevenção. A prevenção é a melhor forma de combater o coronavírus.

Aguardem novidades!