Category

Institucional

A mídia impressa ajuda a proteger as florestas

By | Institucional, Sustentabilidade | No Comments

No mundo todo, indústrias que usam madeira para produção de celulose e de papel plantam, todo os dias, o equivalente à área de 1.500 campos de futebol de florestas. No Brasil hoje, há 7,8 milhões de hectares de plantações de árvores, na maioria eucaliptos e pinus. Muitas pessoas chamam esse tipo de plantio de “reflorestamento”, mas não é correto dizer isso, uma vez que não se trata de substituir uma floresta nativa por outra, plantada com espécies exóticas.

As áreas destinadas ao plantio de árvores para produção de celulose e papel, no Brasil, são aquelas que há muitas décadas já são usadas para atividades agropecuárias. Tal plantio em nada prejudica a manutenção de ecossistemas nativos. Ao contrário, ao plantar as árvores que serão usadas como matéria-prima, essas indústrias ajudam a evitar a destruição de matas nativas. Além disso, a indústria brasileira de base florestal é responsável pela preservação de 5,6 milhões de hectares de ecossistemas nativos, ou seja, 0,7 hectares de matas preservadas para cada um dos 7,8 milhões de hectares de florestas plantadas. É importante observar que as áreas plantadas com árvores para produção de celulose e papel correspondem a apenas 0,3% do território nacional ou 2,2% da área disponível para agricultura atualmente.

Outras pessoas dizem que a plantação de eucaliptos é prejudicial ao meio-ambiente por ser uma monocultura. Mas, assim como tantas outras monoculturas, seu manejo correto pode permitir um equilíbrio satisfatório com o meio ambiente. Esse tipo de manejo acontece nos plantios realizados pela indústria brasileira. O Brasil já é o 7º no ranking total de certificações do sistema FSC, a principal entidade certificadora de boas práticas no manejo florestal, respeitada mundialmente.

Manoel Manteigas de Oliveira

Diretor técnico da Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica – ABTG e de Two Sides Brasil

Atitudes para a vida

By | Institucional | No Comments

Assim como consta nas exigências da BNCC, o programa Atitudes para a vida, pensado e desenvolvido pela Moderna, propõe o desenvolvimento gradual das competências cognitivas e socioemocionais, de forma integrada aos conteúdos das nossas coleções didáticas, contribuindo para o cultivo de relações pessoais ainda mais significativas.

Uma metodologia testada e aprovada por professores de todo o Brasil! 

O seu filho e as competências do século XXI

Afinal, o que é fundamental que os alunos aprendam para atuarem com autonomia e segurança em um mundo em constante transformação?

ANUÁRIO DA EDUCAÇÃO MOSTRA QUE ALGUNS MUNICÍPIOS TÊM ATÉ SETE VEZES MAIS DINHEIRO PARA EDUCAÇÃO DO QUE OUTROS

By | Institucional | No Comments

Parceria da Moderna com o Todos Pela Educação, Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019 traz análises sobre os temas das 20 metas do PNE e aponta os principais desafios a serem enfrentados para o País avançar na qualidade da Educação

Enquanto um município localizado no Rio Grande do Sul destinava cerca de R$ 19,5 mil por aluno em 2015, havia outro município no Maranhão dispondo de apenas R$ 2,9 mil. Essa diferença, de quase sete vezes, é apontada na oitava edição do Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019, parceria do Todos Pela Educação com a Moderna.

A disparidade se repete entre os estados. Enquanto São Paulo recebe a maior média anual de recursos vinculados à Educação por aluno, R$ 6,5 mil; no extremo oposto está o Maranhão, que dispõe de apenas R$ 3,5 mil por aluno ao ano.

A publicação, organizada segundo os temas das metas do Plano Nacional de Educação (PNE), traz mais de 200 gráficos e tabelas com indicadores educacionais e ainda análises inéditas sobre as políticas públicas prioritárias para a melhoria da qualidade da Educação Básica brasileira em médio prazo.

Em 2019, o PNE chega à metade do seu tempo de vigência. “Era esperado que, neste momento, já houvesse um avanço significativo no alcance das metas mais estratégicas para a melhoria da Educação brasileira”, afirma o texto de abertura do Anuário.

Segundo os editores da publicação, além de reforçar a importância do PNE como referência para as políticas públicas educacionais, é fundamental implementar uma agenda de medidas baseadas em evidências, experiências bem-sucedidas e com visão de médio e longo prazo.

Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019 está disponível online para download gratuito nos sites da Moderna e da Fundação Santillana. Lá, você também encontra outras obras que abordam a Educação sob diferentes perspectivas, sempre com distribuição gratuita.

Clique no livro abaixo para acessar a publicação:

MODERNA: VEM COM A GENTE SER MULTI!

By | Institucional | No Comments

Reinventar-se é preciso. Sempre. Em todas as épocas e em qualquer lugar. Em nossos mais de 50 anos de mercado, temos a preocupação de estar lado a lado com a educação brasileira, pensando e produzindo soluções de aprendizagem e materiais didáticos que valorizem a formação humana, o trabalho com fatos e dados e a empatia para abrir diálogos.

Valorizamos a Educação para a vida. Uma educação que vai além dos muros da escola, que não forma apenas o aluno, mas transforma a comunidade. Acreditamos em uma educação que apoia os projetos de vida do aluno, mas também desenvolve professores, coordenadores, gestores… enfim, todos que se envolvem com a escola.

Uma parceria multieducação

Em todos esses anos, nosso denominador comum foi a parceria com as instituições de ensino. Temos um compromisso de compreender cada escola como um ecossistema único para oferecer soluções multiconteúdo e percursos de formação multiplataforma. Ao longo da nossa jornada, a marca Moderna se tornou padrão de qualidade para professores e famílias, o que nos dá credibilidade para continuar inovando e construindo relações de multiparceria com as principais escolas do país.

MODERNA

Soluções educacionais múltiplas