Coluna Ativar

3 técnicas criativas para iniciar um novo tema

Olá, prof! Saber por onde começar um novo tema pode ser um desafio, né? A gente planeja o todo, pensa nas atividades, nos materiais que vai usar, na avaliação, mas na hora de começar o tema vem aquela sensação de… e agora? Por onde eu começo?

Calma lá, que eu tenho algumas técnicas criativas que vão ajudar você a dar aquele start incrível em qualquer assunto. Vamos conferir?

Perguntas provocativas/reflexivas

Primeiramente, comece com perguntas que façam os alunos pensarem, sabe aquelas perguntas que deixam uma pulguinha atrás da orelha? Que geram respostas para questões que eles trazem com frequência, por exemplo: “por que isso é importante?” ou “como isso se relaciona com o nosso dia a dia?” Essas perguntas instigam a curiosidade e engajam todo mundo desde o início.

Alguns exemplos de perguntas:

  • Como vocês acham que as plantas respiram? Espera… Será que planta respira?
  • Por que as aves não têm os bicos todos iguais?
  • Foram os alienígenas que construíram as pirâmides do Egito Antigo?

Essas perguntas instigantes têm como objetivo gerar debate, diálogo, hipóteses por parte dos alunos e são porta de entrada para a participação e curiosidade deles para o tema que vão explorar a seguir.

Histórias envolventes/curiosas

Histórias são poderosas e são marcantes em nossas mentes. Conte uma história relacionada ao tema. Pode ser uma experiência pessoal, uma anedota engraçada ou até uma história fictícia que represente o assunto. As histórias conectam as pessoas e criam um ambiente legal para aprender.

Você pode criar personagens, contar do dia que fez uma receita de bolo correndo e o bolo não deu certo – para explicar a importância de aprendermos sobre receitas, quantidades, frações – por exemplo.

2 mentiras e 1 verdade

Escreva no quadro algumas afirmações sobre o tema em questão, sendo que a maioria delas são propositalmente falsas, mas uma é verdadeira. Os alunos são desafiados a identificar qual das afirmações é verdadeira.

Por exemplo: 

  • Na savana africana, as árvores são altas e densas, formando uma cobertura fechada.
  • A tundra é um bioma caracterizado por altas temperaturas e vegetação exuberante.
  • A floresta temperada decidual é um bioma com árvores que perdem suas folhas no outono.
  • A taiga, também conhecida como floresta boreal, é encontrada em regiões próximas aos trópicos.

E atenção, prof: essa técnica pode ser usada para diagnosticar o que os alunos já sabem sobre um tema, mas também para revisar o tema, ou seja, usar lá no final do processo para ver se eles aprenderam aquele conceito.

Espero que essas ideias te inspirem, prof!

Um super abraço digital,

Prof. Dra. Emilly Fidelix I @seligaprof

About author

Articles

Criadora do @seligaprof, onde impacta milhares de professores de todo o Brasil, palestrante e formadora de professores. É doutora em História Cultural (UFSC), especialista em Tecnologias, Comunicação e Técnicas de Ensino (UTFPR), professora de pós-graduação no Instituto Singularidades. Atua nas áreas de metodologias ativas, storytelling aplicado à educação e BNCC.