fbpx

A construção coletiva de uma escola inclusiva

Em mais de trinta anos em sala de aula, todas as vezes em que tive a oportunidade de ter em minha turma algum aluno com deficiência, pude aprender  muito, como ser humano, e enquanto profissional  da educação. Como foram ricas as vivências, as interações, o processo de aprendizagem dos alunos, as descobertas, as adaptações possíveis, o amor e a empatia! Muitas vezes não foi fácil, é verdade, mas essa convivência é possível, necessária e direito de todos os alunos, crianças, adolescentes e jovens, com deficiência!

As dificuldades vêm muitas vezes por não termos a formação adequada, outros profissionais no apoio  na escola ou recursos e ambientes apropriados e acolhedores, entre outros fatores, mas nada disso invalida o direito de cada um deles de conviver, aprender e se desenvolver coletivamente e colaborativamente. E como ainda temos que aprender no sentido de construir uma escola inclusiva e uma educação realmente para todos! Muitas ações para essa construção envolvem toda a sociedade, outras dependem  especificamente dos poderes públicos no sentido de debater e implantar políticas públicas nesse sentido, que façam valer o que a lei já determina há alguns anos, mas e nós professores , como podemos contribuir para a construção de uma escola inclusiva?

Entre tantas possibilidades, destaco algumas que a meu ver são essenciais e possíveis para nós professores .

  • Em primeiro lugar tenha empatia e esteja aberto a aprender a como fazer essa educação inclusiva, como comunicar e interagir, como fazer da sua sala de aula um ambiente que além de acolhedor, seja de aprendizagem para todos, sem excluir seu aluno com deficiência, logicamente tendo claro que cada qual tem um jeito, um ritmo para aprender, mas que todos podem e tem potencial  para avançar, mesmo dentro de alguma limitação.
  • Se envolva no debate sobre essa educação inclusiva em sua escola, que não deve ser apenas ação e preocupação dos professores que tenha em sua turma algum aluno com deficiência. Cobre  junto de sua escola, Rede de Ensino, ações que apoiem e orientem essas ações.
  • Apoie ações coletivas no sentido de garantir o direito a educação da pessoa com deficiência, sem isolar, separar e ou discriminar.
  • Estude e busque alternativas que sejam possíveis de serem realizadas em sua sala de aula ou seja, aprenda com quem já faz essa educação acontecer, em práticas pedagógicas inclusivas.

Compartilho com vocês, queridos professores, alguns conteúdos,  materiais e práticas pedagógicas  que estão disponibilizadas gratuitamente em sites de  Institutos, Fundações e etc. entre outros.

Instituto Rodrigo Mendes

No site, você encontra um acervo riquíssimo de materiais para estudo, reflexão e muita prática inclusiva! Dá para ampliar muito a nossa visão e entendimento sobre educação e inclusão. Entre tantos materiais de muita qualidade, destaco três, mas vale a pena explorar exatamente tudo!

Livro: “Educação Inclusiva na Prática”. Uma parceria da Fundação Santillana, com o Instituto Rodrigo Mendes.

O livro traz  seis estudos de caso de estudantes com deficiência matriculados em escolas regulares Brasil afora, além da história e de conceitos da educação inclusiva;

https://www.fundacaosantillana.org.br/wpcontent/uploads/2020/07/EducacaoInclusivaPratica.pdf

Acesse também a Live de lançamento do livro, que traz mais informações e o debate para entendermos a proposta do livro. Uma aula para todos de que uma educação inclusiva é possível!

https://youtu.be/niUU3PE9wZg

Coletânea de práticas de educação física, “Portas abertas para inclusão”. São várias práticas incríveis que podem transformar a escola em um espaço de aprendizagem para todos. Muito muito bom, vai muito além da educação física.

http://institutorodrigomendes.org.br/portas-abertas/files/coletanea-de-praticas.pdf

Portal Diversa

Diversa é uma plataforma criada pelo Instituto Rodrigo Mendes, de compartilhamento de conhecimento sobre educação inclusiva, com  práticas e relatos de experiência de educadores de todo o país, com materiais pedagógicos e muito mais. Tudo muito bem explicado e fácil de compreender. Plataforma maravilhosa! Dá para se inspirar, aprender e fazer acontecer  em nossas salas de aula e em toda a escola.

https://diversa.org.br/

Instituto Paradigma

O Instituto Paradigma desenvolve um trabalho voltado para a defesa dos direitos humanos das pessoas com deficiência, com uma proposta ampla, que vai além da educação inclusiva,  como por exemplo a inclusão econômica. O Instituto disponibiliza muitos materiais em sua biblioteca digital como o material abaixo, com práticas pedagógicas inclusivas.

https://iparadigma.org.br/wp-content/uploads/Ed-Inclusiva-3.pdf

Instituto Alana

Para mais reflexão e entendimento sobre os benefícios da educação inclusiva para estudantes com e sem Deficiência, leia e compartilhe com todos da sua escola esse conteúdo disponibilizado pelo Instituto Alana. Material esclarecedor!

https://alana.org.br/wp-content/uploads/2016/11/Os_Beneficios_da_Ed_Inclusiva_final.pdf

Mais conteúdos em práticas inspiradoras!

https://iparadigma.org.br/wp-content/uploads/Ed-Inclusiva-3.pdf

Todos Pela Educação

Para conhecer a legislação sobre educação inclusiva, acesse também:

https://todospelaeducacao.org.br/noticias/conheca-o-historico-da-legislacao-sobre-educacao-inclusiva/

Espero que  explorem todos esses materiais de estudo  e comecem, se ainda não o fizeram, a transformar sua sala de aula em um espaço de aprendizagem para todos. Esse pode ser um bom caminho para a mudança, transformação  e construção da escola inclusiva, nossa contribuição como profissionais da educação.

Como reflexão final, vejam esse conceito disponibilizado pelo Portal Diversa.

“Uma escola inclusiva é uma escola que inclui a todos, sem discriminação, e a cada um, com suas diferenças, independentemente de sexo, idade, religião, origem étnica, raça, deficiência. Uma escola inclusiva é aquela com oportunidades iguais para todos e estratégias diferentes para cada um, de modo que todos possam desenvolver seu potencial. Uma escola que reconhece a educação como um direito humano básico e como alicerce de uma sociedade mais justa e igualitária.”

Um grande abraço a todos e até a próxima!

Mara Mansani

 

Sobre a autora do post

Mara Mansani

Mara Mansani

Colunista

Professora há quase 30 anos, lecionou em vários segmentos, da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental, passando também pela Educação de Jovens e Adultos (EJA). Recebeu o Prêmio Educador Nota 10, na área de Alfabetização, com o projeto Escrevendo com Lengalenga.