livros didáticos Archives - Página 3 de 3 - Editora Moderna

A beleza e eficiência do Design Instrucional

Por | Dicas, Novidades | Sem comentários
Bom dia, pessoal

Dizem que nós, seres humanos, somos muito visuais. Não que nos importemos somente com a beleza exterior das pessoas. Mas, de fato, somos ligados à maneira como as situações, objetos e pessoas nos são apresentadas. Apesar de a primeira impressão nem sempre ser a que fica ela nos ajuda e muito a formar uma opinião. Por exemplo, é muito mais relaxante ficar em um ambiente limpo e organizado do que em viver em um lugar sujo.

Quando falamos em livros didáticos, isso não seria diferente. A organização das informações visuais é essencial para despertar o interesse e garantir a concentração dos estudantes. Pensando nisso, o Design Instrucional forma o quinto eixo pedagógico dos livros didáticos da Editora Moderna e regem os projetos gráficos de nossas obras. Utilizamos toda a ciência do design editorial para estruturar os conteúdos, sempre valorizando a hierarquia das informações.

São pequenos detalhes como a fonte que será utilizada para o título, como o subtítulo conversará com o conteúdo, quais palavras devem estar em destaque e como os elementos visuais devem ser distribuídos para assegurar a clareza e a compreensão dos conceitos.

Essa organização facilita o planejamento do professor e orienta o estudo do aluno.

Saiba mais sobre o DESIGN INSTRUCIONAL nos livros didáticos da Editora Moderna:


Cada faixa etária, uma estratégia

Para cada série escolar, a Editora Moderna adota uma estratégia de Design Instrucional. Quer um exemplo? Os livros da coleção Buriti Mirim, destinados à Educação Infantil, serão mais coloridos e terão menos textos do que da coleção Moderna Plus, destinada aos alunos do Ensino Médio. Essa organização facilita o planejamento do professor e orienta o estudo do aluno.

Todos os elementos que compõem a página de um livro didático devem ter uma justificativa. Alguns elementos, inclusive, têm a função de reter a atenção do estudante; outros surgem para despertar interesse ou estimular a vontade de ler e conhecer mais sobre o assunto tratado. Aqui vale ressaltar, que além de bonito, o livro precisa ser eficiente ao que se propõe: valorizar e ampliar o aprendizado dos alunos.

Forma e conteúdo

Veja alguns aspectos que você encontra no Design Instrucional dos livros didáticos da Editora Moderna:

  • O cabeçalho bem demarcado orienta o olhar e apresenta o conteúdo
  • O texto principal é recuado para dar espaço a informações completares e a pequenas atividades na lateral das páginas
  • Ícones e elementos gráficos sistematizam a temática das seções, além de hierarquizar a informação.
  • As palavras mais importantes são grifadas e explicadas em quadros laterais
  • Ilustrações, infografias e outros recursos visuais dinamizam o estudo e trazem legendas ricas em informação.

Saiba mais:

A Revista Educatrix também traz a explicação do eixo pedagógico na matéria Projeto Sob Medida, página 48. Confira como o planejamento editorial do design instrucional funciona e como os especialistas recomendam essas técnicas para ampliar o entendimento dos alunos:

 

 

Desvendando nossos Programas de Atividades

Por | Dicas, Novidades | 2 Comentários

Boa tarde, pessoal!

Continuando as explicações sobre os nossos livros didáticos, que tal conhecermos o nosso terceiro eixo pedagógico?

Quando falamos em educação é impossível não se lembrar de aulas, exercícios e avaliações. Pode parecer antiquado, mas a evolução dos alunos sempre esteve atrelada à curiosidade, à pesquisa e aos resultados obtidos dentro do Programa de Atividades da escola. Desta forma, a gestão dos processos educacionais parte de três ações básicas: planejar, executar e avaliar os alunos no dia a dia

Partindo destas ações, os livros da Editora Moderna trazem atividades elaboradas para promover o aprendizado do aluno, desenvolvendo as habilidades que ele precisa para a vida cotidiana e para os exames nacionais. As atividades começam com a coleta de informações, aumentam gradualmente a dificuldade e terminam com uma orientação mais complexa, que envolve a reflexão e a conexão de conhecimentos.

A Editora Moderna tem compromisso com a educação de valores, colaborando com a formação do caráter dos estudantes. Assim sendo, os nossos programas de atividades buscam ajudar os alunos a tomarem posições diante de temas fundamentais como ética, saúde, meio ambiente, tecnologia e diversidade cultural.

Mas como essas ações foram pensadas?

Saiba mais sobre os PROGRAMAS DE ATIVIDADES nos livros didáticos da Editora Moderna:

 

As taxonomias de Benjamin Bloom

Cada disciplina exige um tipo diferente de conhecimento e absorção de conteúdos. Enquanto as ciências humanas, por exemplo, esperam que o estudante seja capaz de analisar fatos e os contextos em que eles acontecem e estabelecer correlações entre o passado, o presente para projetar o futuro, as ciências exatas procuram desenvolver outras habilidades cognitivas como capacidade de resolução de problemas lógicos.

Apesar de o estudo dos conhecimentos avaliar modos diferentes de lidar com o saber, as competências intelectuais precisam ser ponderadas como um todo para a classificação da retenção de habilidades. Foi pensando nisso que o teórico norte-americano Benjamin Bloom (1913 -1994) e sua equipe de pesquisadores procuraram elaborar um sistema de taxonomias para classificar as expectativas em relação aos alunos.

São nas taxionomias de objetivos educacionais criadas por Bloom que se baseiam os nossos livros didáticos. Os preceitos criados por ele e sua equipe foram levantados em 1948 durante o American Psycological Association. As atividades de Bloom como avaliador na Universidade de Chicago o fizeram perceber a necessidade de estabelecer critérios e linguagens de avaliação que fossem comuns a todos os educadores. Assim, criaram-se as taxonomias de domínio cognitivo, de domínio afetivo (essas duas elaboradas por Bloom) e de domínio psicomotor.

As taxonomias elaboradas por Bloom até hoje funcionam para classificar questões de provas de acordo com os níveis de cada aluno (por exemplo, por série e idade). Quando se define o que os educadores esperam que os estudantes saibam, fica mais fácil de escolher o programa de atividades que será adotado para o exercício da aprendizagem. Abaixo uma tabela com um resumo explicativo das proposições de Bloom e a descrição de saberes que norteiam o Programa de Atividades proposto pela Editora Moderna:

Competência

Habilidade a ser demonstrada

Conhecimento
  • Observação
  • Memorização de informações
  • Conhecimento de fatos como datas, eventos e lugares
  • Identificação das principais ideias

Enunciados com: LISTE, DIGA, DESCREVA, CITE, MOSTRE, DEFINA, EXAMINE, QUEM, ONDE, QUANDO, COMO, etc

Compreensão
  • Apreensão do significado
  • Entendimento de informação
  • Interpretação dos fatos
  • Comparação entre eventos
  • Retenção do antigo contexto para o novo
  • Previsão de consequências
  • Ordem, agrupamento e inferências de causas

Enunciados com INTERPRETE, CONTRASTE, ASSOCIE, ESTIME, MOSTRE AS DIFERENÇAS, DISCUTA, RESUMA

Aplicação
  • Conexão de informações
  • Uso de métodos, conceitos, teorias em novas situações
  • Resolução de problemas com base em conhecimento prévios e habilidades requeridas.

Enunciados com DEMONSTRE, RESOLVA, CALCULE, MUDE, CLASSIFIQUE, DESCUBRA, APLIQUE, ILUSTRE

Análise
  • Organização de ideias
  • Identificação de componentes
  • Identificação de padrões

Enunciados com SEPARE, ORDENE, CONECTE, DIVIDA, SELECIONE, EXPLIQUE, COMPARE, LIGUE, ANALISE

Síntese
  • Utilização de conhecimentos prévios para criação de novos conceitos
  • Ampliação de visão a partir de fatos antigos
  • Capacidade interdisciplinar e de correlação de conhecimentos
  • Elaboração de conclusões

Enunciados com COMBINE, SUSBTITUA, CRIE, PLANEJE, REESCREVA, FORMULE, INVENTE, ESCREVA, PREPARE, MODIFIQUE, COMPONHA

Avaliação
  • Comparação e distinção entre ideias
  • Assimilação de teorias
  • Argumentação com fatos fundamentados
  • Verificação dos fatos mais importantes
  • Capacidade de argumentação

Enunciados com ORGANIZE DE ACORDO COM, TESTE, MEÇA, EXPLIQUE, CONCLUA, DECIDA, AVALIE, CONVENÇA, APOIE, COMPARE.

Saiba mais

Veja também o artigo “Taxonomia de Objetos Educacionais – Sessenta Anos depois”, escrito por Cipriano Luckesi, na revista Educatrix, na página 38. Lá, o autor conta todo o desenvolvimento das ideias de Bloom e a contemporaneidade das categorias até os dias de hoje.

Ampliando o Domínio da Linguagem…

Por | Dicas, Novidades | Um comentário
Boa tarde, pessoal.

Continuando as explicações sobre os oito eixos pedagógicos que baseiam os livros didáticos da Editora Moderna, vamos conversar sobre o Domínio da Linguagem, uma área que já foi bastante controversa. As escolas relacionavam este eixo pedagógico com a língua escrita. Por isso, a responsabilidade de formar os alunos neste sentido cabia somente aos professores de Gramática e Redação. Hoje, a percepção educacional mudou de figura e a formação linguística e crítica dos alunos é responsabilidade de todos.

Escrever bem não significa necessariamente dominar a linguagem.  As formas de se comunicar evoluíram e, desta maneira, os educadores precisam estar antenados em práticas que garantam a formação de alunos capazes de ler, interpretar e argumentar com fluência os diversos tipos de linguagem, como textos, números, mapas, imagens, fórmulas, movimentos da sociedade e posturas corporais. Logo, os professores deixaram de ter papel de explicar o que é certo e o que errado e passaram a ter a missão de introduzir os alunos em experiências e novas situações em que possam interagir com novas linguagens e compreender o mundo.

As atividades interdisciplinares, por exemplo, são formas que as escolas encontraram para criar esse vínculo entre as áreas de conhecimento. As atividades exigem que os alunos pensem e busquem maneiras de relacionar diversos conteúdos de diferentes disciplinas. Desta forma, ler e escrever deixaram de ser atividades mecânicas para se tornarem mecanismos de informação de extrema importância para a formação de jovens críticos e conscientes de seu papel na sociedade.

A nova definição

Decodificar formas e símbolos e relacioná-los a diversos campos do conhecimento, envolvendo componentes sensoriais, emocionais, intelectuais, econômicos e culturais. Esta é a nova definição do Domínio da Linguagem.

Pensando em tudo isso, a Editora Moderna firma um compromisso com a Educação no Brasil de desenvolver a competência comunicativa dos estudantes, tornando-os aptos a expressar ideias com criatividade, expor suas opiniões de maneira articulada e, sobretudo, saber ouvir o outro e interagir na sociedade.

Comunicação em Contextos

O uso prático da língua é uma atividade que se estende a qualquer disciplina. Logo, inserir os alunos em situações de comunicação os prepara a compartilhar conhecimentos, conectar-se com a sociedade e compreender o mundo. Aqui vale ressaltar que quem lê e se informa, escreve melhor. Quem escreve, organiza ideias e amplia a capacidade de argumentação oral, ou seja, fala melhor.

Promover a troca de experiências valoriza a diversidade de saberes e a oralidade. Além disso, ao praticar a competência comunicativa, o estudante amplia seu vocabulário, passa a reconhecer o valor da sua vivência, aprende a se posicionar de forma objetiva e clara e ganha a consciência de que também é disseminador de conhecimento.

Saiba mais sobre como a Editora Moderna aplica o Domínio da Linguagem em seus livros didáticos:

Veja também a matéria “O desafio de formar jovens em um mundo de múltiplas linguagens”, na revista Educatrix sobre como as escolas podem realizar a aplicação do Domínio de Linguagem, na página 32:

A importância da Aprendizagem Significativa

Por | Dicas, Novidades | 4 Comentários
Boa tarde, pessoal!

Vocês sabem como são feitos os nossos livros didáticos?

Não? Pois está na hora de conhecer melhor a ciência por trás dos nossos livros.

A Editora Moderna está sempre antenada nas tendências e novidades do mercado educacional e trabalha para garantir aos nossos alunos o melhor ensino dentro da sala de aula. Para elaborar nossos materiais, temos em vista oito eixos pedagógicos. Durante toda esta semana, vamos apresentar esses conceitos que norteiam a produção dos nossos livros didáticos e que nos garantem a tradição e o nome no mercado.

Aprendizagem Significativa

O primeiro dos nossos eixos pedagógicos é a Aprendizagem Significativa. A variável que mais influencia a retenção de novos conteúdos pelos alunos é o conhecimento prévio do assunto. Isso quer dizer que se aprende mais rápido a partir de exemplos ou de temas já conhecidos.

O conteúdo dos livros didáticos da Editora Moderna parte do geral ao particular, do concreto ao abstrato, para que a familiaridade com o conhecimento prévio do estudante facilite a incorporação de novas informações. Isso permite que o aluno construa seu próprio conhecimento.

Quando o professor parte daquilo que o aluno já sabe, o novo conteúdo é apresentado por meio de debates e de incentivo à reflexão, em que o aluno reúna os conhecimentos prévios e integre-os às novas informações. Aprendendo, de fato.

Leitura de Imagens

Desta forma, trabalhar com imagens auxilia o estudante a explorar o conhecimento a partir de temas relevantes de seu universo ou visualizar conceitos importantes da disciplina.

Conexão de conhecimentos

Ao longo dos livros didáticos, eixos temáticos articulam informações e, assim, permitem que o aluno relacione diferentes conteúdos. Além disso, atividades distribuídas por todo o capítulo levam o aluno a aplicar o conhecimento a novos contextos

Conheça mais sobre a aplicação do conceito nos nossos livros didáticos aqui

 

Entenda como a aplicação do conceito de aprendizagem significativa pode ser aplicado:

Veja também a matéria na revista Educatrix sobre como a Aprendizagem Significativa influencia na organização cognitiva dos estudantes e ajuda na organização de conteúdos relevantes:

Abraços a todos!!!

Lançamentos Moderna 2012

Por | Novidades | 7 Comentários

Pessoal, boa tarde!

Estamos lançando o nosso novo site para divulgação da nossa nova campanha de mercado.

Desta vez, a Editora Moderna inova e traz à tona toda a base teórica e prática de suas obras didáticas. Agora, você vai saber por que os livros didáticos da Editora Moderna fazem a diferença nas salas de aula e na vida de professores e alunos, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio.

Nossas obras são desenvolvidas por uma equipe pedagógica especializada em combinar teoria e prática de forma criativa e eficiente para que o aprendizado tenha um verdadeiro significado para os estudantes. Assim, selecionamos os melhores conteúdos, com abordagem na medida certa para cada disciplina e nível de ensino.

Nossa ciência é baseada em oito eixos pedagógicos com foco na aprendizagem integral dos alunos. É hora de descobrir toda a ciência utilizada na elaboração e cada um das características que fazem as coleções da Moderna serem reconhecidas em todo o país:

  1. Aprendizagem Significativa
  2. Domínio da Linguagem
  3. Programa de Atividades
  4. Páginas Duplas
  5. Design Instrucional
  6. Organizadores Gráficos
  7. Infográficos
  8. Objetos Multimídia

Navegue no nosso novo site e confira os lançamentos e novidades da nossa campanha: